Notícias

Reunião com FRAP Viseu

Reunião com a Federação Regional de Associações de Pais e Encarregados de Educação do Distrito de Viseu.

Concelhia do PS de Viseu alerta para más condições de duas escolas da cidade

A presidente da concelhia de Viseu do Partido Socialista (PS), Adelaide Modesto, prometeu hoje levar à discussão da Assembleia Municipal "as condições de degradação" de dois estabelecimentos de ensino da cidade, que deveriam ser alvo de obras urgentes.

"O nosso compromisso com os viseenses passa por trazer para a agenda questões como as más condições das escolas da Ribeira e Grão Vasco. Por isso, vamos questionar o executivo sobre esta matéria em Assembleia Municipal", alegou.

Adelaide Modesto reuniu hoje com representantes dos pais das duas escolas - Grão Vasco e Ribeira - que fizeram chegar o seu descontentamento perante o mau estado de conservação dos edifícios.

"Os pais dos alunos da Escola da Ribeira criticaram as condições de degradação ao nível do revestimento com fibrocimento, com imensas infiltrações e problemas de canalizações. Também se queixam da falta de segurança exterior", referiu.

Na sua opinião, este estabelecimento de ensino - "cujas competências estão diretamente relacionadas com a Autarquia de Viseu, já que tem primeiro ciclo"- tem sido vetado a um certo desinvestimento.

"Os pais reuniram-se com o vice-presidente da Câmara de Viseu e ficaram a saber que as obras nesta escola não são prioridade. Para quem defende que quer fixar pessoas e tem como prioridade o centro histórico, como descura e desleixa uma escola em pleno coração da cidade?", questiona.

Já na Escola Grão Vasco, "as preocupações dos pais são muito idênticas: há falta de obras há mais de 40 anos".

"Sei que esta escola não está sob a alçada primeira da autarquia, mas esta não se pode furtar à sua responsabilidade e devia fazer protocolos com o Ministério da Educação, no sentido de resolver parte destes problemas", sustenta.

A presidente da Concelhia do PS de Viseu defende ainda que "não há meninos de primeira e meninos de segunda", sendo uma prioridade de todos reivindicar a defesa da escola pública.

"Vamos fazer com que esta seja também uma preocupação dos vereadores do PS, de forma a que levem o assunto às próximas reuniões do executivo", apontou.

À agência Lusa, fonte da Câmara de Viseu esclareceu que a reabilitação e intervenção nas escolas Grão Vasco e Viriato serão uma das primeiras prioridades do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) em matéria de equipamentos escolares.

Sobre a Escola da Ribeira, a mesma fonte informou que este estabelecimento de ensino já tem um projeto apresentado ao QREN, aguardando-se que as verbas sejam disponibilizadas.

"Até ao final do mês haverá reunião das equipas técnicas da Câmara e do Ministério. O município está muito sensível às necessidades destas escolas e entende que estas intervenções são prioritárias", concluiu.

// IMPRENSA:

http://portocanal.sapo.pt/noticia/17355/

http://diarioviseu.pt/noticias/concelhia-do-ps-de-viseu-alerta-para-mas-condicoes-de-duas-escolas-da-cidade

http://viseumais.com/viseu/ps-de-viseu-vai-levar-a-am-mas-condicoes-de-duas-escolas-da-cidade/

http://www.correiobeirao.pt/noticias/socialistas-de-viseu-levam-a-am-degradacao-de-duas-escolas-da-cidade

Ler notícia →

11 de Fevereiro de 2014

O lamentável caso do Centro Cultural Distrital

"Ficou assim patente que, mudando embora os figurantes, não mudou, ao menos neste caso, uma política de desprezo pelas condições éticas de que uma Autarquia deve revestir-se nos seus contratos, como ficou patente que o Centro Cultural Distrital de Viseu não serve os fins para que foi criado, mantendo encerrado há muitos anos o “Auditório Mirita Casimiro”, de que é proprietário, à excepção de um Festival de Teatro promovido, uma vez por ano, pela Câmara Municipal.

Estas cumplicidades e irregularidades não servem a cidade nem dignificam quem as promove."

Ver mais:

http://viseumais.com/viseu/adelaide-modesto-lamenta-caso-do-centro-cultural-distrital-de-viseu/


Ler notícia →

06 de Fevereiro de 2014

Diário de Viseu - 4 de Fevereiro de 2014

"Ligação Viseu-Coimbra tem que sair do papel"

Notícia a propósito da reunião de ontem em Coimbra.

Ler notícia →

04 de Fevereiro de 2014

IP3

Estruturas Concelhias do PS, Deputados e Autarcas reunidos para tomar posição sobre a construção da estrada que liga as duas capitais de distrito: Viseu e Coimbra.

“A intervenção no IP3 é uma necessidade imperiosa e urgente".

"O actual estado da estrada prejudica a economia da região".

IMPRENSA:

http://www.ionline.pt/artigos/portugal/deputados-autarcas-ps-exigem-ligacao-coimbra-viseu-saia-papel

Ler notícia →

03 de Fevereiro de 2014


Próximos Eventos


Outras notícias

"O PS tem vindo sucessivamente a relevar a imprescindibilidade da autoestrada Viseu-Coimbra para o reforço da coesão territorial regional e em favor da coerência da rede de itinerários principais da região centro."

Estaremos amanhã todos juntos a vincar a nossa posição.
Esta Concelhia não deixará de fazer a sua parte.

Amanhã (3 de Fevereiro), às 11h00, no Hotel Tivoli (Coimbra).


Ver mais:

http://gotadeagua53.blogspot.pt/2014/02/deputados-ps-viseu-e-coimbra-questionam.html

Ler notícia →

02 de Fevereiro de 2014

Intervenção de Rosa Monteiro (vereadora do PS na Câmara Municipal de Viseu) na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

Vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=V9xrviy51d8


Ler notícia →

01 de Fevereiro de 2014

Entrevista de Adelaide Modesto ao "Rua Direita".

"Já todos nós notámos a diferença desde que Almeida Henriques assumiu as suas funções autárquicas. Chama-se fogo de artifício: bonito, caro e efémero. É esta a diferença".

"O PS que eu lidero é um PS que está unido, que está coeso, que tem um objectivo comum".

Ver na íntegra: http://www.ruadireita.pt/conversa-da-boa/adelaide-modesto-em-entrevista-ao-rua-direita-1707.html

Ler notícia →

17 de Janeiro de 2014

O Secretariado da Concelhia de Viseu do PS reuniu ontem, pela primeira vez, depois dos seus membros terem sido eleitos e empossados no dia 27 de Dezembro de 2013.

Da ordem de trabalhos, orientados pela recém-eleita Presidente da Concelhia, Adelaide Modesto, salientou-se a necessidade de divulgação alargada do Programa Político sufragado nas eleições para a Concelhia, do agendamento e concretização das propostas apresentadas, da atribuição de responsabilidades aos diferentes secretários, da apresentação de cumprimentos e reuniões com diversas entidades locais e a importância do trabalho em parceria com os eleitos para o Executivo Camarário, Assembleia Municipal, Juntas e Assembleias de Freguesias.

A próxima reunião ficou programada para o próximo dia 14 (Terça-feira).

Ler notícia →

07 de Janeiro de 2014