Notícias

João Paulo Rebelo: S.E. da Juventude e Desporto

O PS Viseu congratula-se com a escolha de João Paulo Rebelo como Secretário de Estado da Juventude e Desporto.

João Paulo Rebelo é membro da Comissão Política Concelhia de Viseu e actualmente Vereador na Câmara Municipal de Viseu.

O PS endereça-lhe votos de um bom mandato em prol da Juventude e do Desporto.

http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2016-04-12-Joao-Paulo-Rebelo-e-o-novo-secretario-de-Estado-da-Juventude-e-do-Desporto

Ler notícia →

13 de Abril de 2016

Vereadores PS - Opinião sobre Relatório de Gestão

Na Ordem do Dia da reunião do executivo municipal desta manhã, entre diversos outros pontos, discutiu-se e votou-se o Relatório de Gestão do Município de Viseu, relativo ao ano de 2015.

O entendimento dos vereadores do PS relativamente aos Relatórios de Gestão é que se devem por princípio abster dado que não votaram favoravelmente o respectivo orçamento, não estando assim vinculados à sua execução.

Não obstante a nossa abstenção, deixámos expressas as nossas opiniões sobre este documento que traduzem as seguintes preocupações:

1 – O Município de Viseu apresenta um relatório em matéria de recursos humanos que nos levanta a seguinte inquietação: num universo de 727 trabalhadores, 229 estão em situação de contrato a termo incerto, estando a restante maioria por tempo indeterminado. Questionámos o Sr. Presidente da Câmara se acha que esta situação é desejável e senão acha que deveria conferir um carácter mais definitivo a estes 229 trabalhadores, sobretudo tendo o Município de Viseu responsabilidades acrescidas de dar exemplo dado ser administração descentralizada do Estado. Somando a isto a tão propalada saúde financeira, entendemos que esta deveria ser uma prioridade. Para o PS, as pessoas estão sempre primeiro…

2 – O primeiro aspecto que ressalta da análise das contas é o resultado final. O chamado resultado líquido do exercício, sendo positivo, está bem longe dos resultados que faziam a glória do PSD em Viseu. E não é pouco menos. Em 2015 o RLE é de 1.350.973,94 € o que comparado com os 8.266.315,18 € do RLE de 2014 “só” significa uma redução de 84% no resultado. Praticamente menos 7 milhões de euros.

3 – O Sr. Presidente da Câmara não se pode queixar de quebras nas receitas. Desse ponto de vista, como o PS sempre afirmou, nunca houve muitas falhas na cobrança de impostos aos viseenses. A receita corrente cifrou-se em mais de 43 milhões de euros, significando apenas -0,79% face a 2014.

4 – Também alarmante é a poupança corrente que de 15.871.843,70€ de 2014 passa para 10.862.637,65€ em 2015. Menos 5 milhões de euros em poupança corrente!

5 – Por último, ao nível de Fornecimentos Serviços Externos o Município vem de 11.669.476,17€ de 2014 para 16.749.412,03€ em 2015. Mais 5 milhões de euros em fornecimentos.

O Sr. Presidente fala em investimentos que estão a ser feitos e obra que não é financiada. Não se refere seguramente aos melhoramentos no Pavilhão Multiusos, às Águas de Viseu na R. do Comércio, ao Hostel e aos Parques de Estacionamento no Centro Histórico, ou à tão discutível cobertura do Mercado 2 de Maio, tudo já devidamente anunciado mas sem execução conhecida.

Parafraseando o anterior Presidente da Câmara Municipal, precisamos de menos anúncios e mais concretização. Sobretudo agora, que as contas já não são o que eram…  

Viseu, 7 de abril de 2016

 

Os vereadores do Partido Socialista 

José Junqueiro

João Paulo Rebelo

Rosa Monteiro 

Ler notícia →

07 de Abril de 2016

Vereadores PS propõem Banco Local de Voluntariado

Proposta de criação do Banco Local de Voluntariado e do Prémio Municipal do Voluntariado. 

Fonte: Jornal da Beira

Ler notícia →

11 de Fevereiro de 2016

Almeida Santos 1926-2016

O Partido Socialista manifesta a sua profunda consternação e choque com a notícia da morte do nosso querido camarada e presidente honorário, António de Almeida Santos. Portugal perdeu um príncipe da sua Democracia e os socialistas sofreram uma perda irreparável.

Combatente desde sempre pelos valores da Democracia, nos tempos da ditadura e depois do 25 de Abril, António de Almeida Santos granjeou a admiração e o respeito, não apenas de amigos e camaradas, mas também dos adversários políticos, devido à enorme elevação e ao humanismo sempre demonstrados no exercício dos mais variados cargos públicos que desempenhou ao longo de uma vida tão preenchida e tão ativa até ao fim.

A sua muito distinta capacidade tribunícia fez dele um terrível adversário da ditadura, também na defesa de presos políticos, designadamente em Moçambique, e depois do 25 de Abril um parlamentar incomparável, tendo-o demonstrado como deputado, presidente do Grupo Parlamentar do PS e, mais tarde, como um notável presidente da Assembleia da República, cargo que moldou como ninguém.

Foi – como jurista de exceção - o artífice de uma parte substancial da malha legislativa no dealbar da Democracia portuguesa, contribuindo decisivamente para a construção do Estado de Direito Democrático no nosso país. Na sua ação fez da capacidade de diálogo, da consensualização e da concertação política – sem abdicar da firmeza das suas ideias - uma verdadeira arte e uma das suas imagens distintivas.

Ministro dos primeiros quatro governos provisórios (viria ainda a fazer parte do VI), desempenhou um papel crucial nas negociações com os movimentos de libertação das antigas colónias portuguesas com vista à sua independência. Viria ainda a ser ministro de três governos constitucionais liderados por Mário Soares.

Presidente do Partido Socialista entre 1992 e 2011, cargo que exerceu sempre de forma exemplar, merecendo o apoio e o carinho de todos os socialistas, foi eleito em Congresso como presidente honorário, numa justa e unânime homenagem a alguém capaz de reunir um conjunto de qualidades dificilmente igualável. Um verdadeiro príncipe da Democracia, que perdurará na memória de todos.

O seu contributo para a construção da Democracia em Portugal, os relevantíssimos serviços prestados ao seu Partido e ao seu País, fazem dele uma figura de referência inesquecível para todos os socialistas, em particular, e para os democratas em geral.

Neste momento de tanto pesar para todos os socialistas, o PS apresenta as suas mais sentidas condolências à família do nosso querido camarada Almeida Santos, associando-se à sua dor, que é também a nossa.

A Comissão Permanente do Partido Socialista deu instruções para que a bandeira do PS seja colocada a meia-haste nas nossas sedes até ao final das cerimónias fúnebres do nosso presidente honorário.

 

Lisboa, 19 Janeiro 2016

Ler notícia →

19 de Janeiro de 2016


Próximos Eventos


Outras notícias

LER AQUI: http://expresso.sapo.pt/politica/2015-11-26-Na-integra-o-discurso-de-Antonio-Costa-na-tomada-de-posse

Ler notícia →

27 de Novembro de 2015

Assembleia Municipal de 29 de Junho de 2015

PS Vota contra criação de Águas de Viseu

"(...) esta mudança abre a porta à privatização" (...)

António Ribeiro de Carvalho

Ler notícia →

30 de Junho de 2015

Comissão Política da Concelhia de Viseu do Partido Socialista´

5 de Julho de 2015

21h00

Solar dos Peixotos

Ordem de Trabalhos:

1. Informações;

2. Eleições legislativas;

3. Outros Assuntos. 

Ler notícia →

25 de Junho de 2015

No próximo Sábado, no Hotel Montebelo.

Mais informações em www.psviseu.net 

Ler notícia →

24 de Junho de 2015

"Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Viseu

Tendo tido conhecimento pela comunicação social nacional da família de S. Salvador, Viseu, que se confronta com a dramática situação de risco de despejo, falta de recursos e em que quatro dos elementos do agregado familiar se encontram com doença oncológica, os vereadores do Partido Socialista vêm pedir os seguintes esclarecimentos urgentes:

Quando tomou a Câmara Municipal, e o seu Departamento de Ação Social, conhecimento desta situação dramática?

Que diligências foram já tomadas no sentido de conhecer detalhadamente a situação e desencadear todas as diligências de prestação de auxílio urgente no âmbito de programas como o Viseu Solidário?

Que Plano de acompanhamento e que medidas de apoio estão previstas para esta família, a curto e médio prazo, tendo em conta a elevada exposição das três crianças a fortes vulnerabilidades físicas, sociais e emocionais?

Sendo verdade a situação noticiada em vários jornais, porque razão não foi ainda esta família beneficiária de um apoio financeiro para pagamento das rendas em atraso, enquanto aguardam a atribuição da habitação social prometida pela autarquia?

Gostaríamos também de conhecer as diligências que foram feitas junto das restantes entidades competentes, nomeadamente os serviços de saúde, de segurança social e CLAS, com vista à articulação de respostas que minorem o sofrimento desta família.

Confratulamo-nos com a mobilização cidadã e solidária que se criou em torno deste caso, face à aparente ineficiência das respostas institucionais.

Os vereadores do Partido Socialista

João Paulo Rebelo, Rosa Monteiro e Andreia Coelho

Ler notícia →

23 de Junho de 2015

É com sentido pesar que a Concelhia do PS Viseu informa o falecimento do camarada João Luís Inês Vaz. Foi com profunda consternação que recebemos esta notícia. Ex-governador civil do Distrito de Viseu, professor da Universidade Católica, Arqueólogo, Historiador, Académico e Investigador, uma figura de relevo no meio académico, cultural e político local e nacional.

Viseu perde hoje, um homem bom, interventivo, cidadão exemplar, servidor público. O PS Viseu perdeu também hoje um grande colaborador, uma das suas referências.

Neste momento de grande dor, a Concelhia do PS Viseu e a sua Presidente apresentam as suas sentidas condolências à família e aos amigos do camarada João Luís Inês Vaz.

________________

Exequías de João Luís Inês Vaz

O seu corpo será depositado na quinta-feira pelas 13h, na Igreja da Misericórdia, em Viseu, onde ficará em câmara ardente.

As exéquias fúnebres realizar-se-ão, sexta-feira, pelas 10h, seguindo para o Cemitério Novo de Santiago.

A todos os que se dignarem a acompanhar-nos neste derradeiro adeus, o nosso Bem-haja.

Ler notícia →

23 de Junho de 2015